Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

terça-feira, 29 de julho de 2008

Uma terça engarrafada







Share

O começo da bossa

Share

Fogo no parque


Folha Imagem

Do Portal G1

Um incêndio atingiu na noite de ontem (28) o Parque Nacional de Itatiaia, na Região Sul Fluminense. Segundo a direção do parque, o fogo já foi controlado por equipes do próprio parque.

"Não sabemos a extensão da queimada. Um perito está no local, junto com nosso coordenador de combate a incêndios, fazendo essa avaliação. Não foi uma área grande, mas qualquer extensão é significativa, para a questão da biodiversidade", afirmou Walter Behr, diretor do parque.

Os bombeiros de Resende sequer foram chamados para controlar o fogo, já que equipes de combate estavam fazendo treinamento numa área próxima ao local do incêndio e conseguiram chegar em pouco tempo para controlar as chamas. Cerca de 40 homens trabalharam no local, que fica na parte alta do parque.

Share

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Novo jornal na praça


Capa


Miolo


Contracapa

Share

O aposentado Mick Jagger


Do site Glamurama

A partir de agora, quem pegar um ônibus em Londres corre o risco de sentar ao lado de ninguém menos que Mick Jagger. Isso porque ao completar 65 anos no último sábado (26), o vocalista dos Rolling Stones passou a ser considerado pelo governo britânico um aposentado, o que dá direito, entre outras coisas, a passagens de ônibus gratuitas pela Inglaterra.

Além disso, o homem dos quase US$ 500 milhões passará a ganhar também uma pensão equivalente a US$ 181 por semana, o que, segundo os tablóides ingleses, mal paga uma taça de seu vinho tinto favorito.

E a lista de benefícios não pára por aí... Mick Jagger passa a ter direito também a atendimentos odonto e oftalmológicos, que incluem óculos e até lentes de contato gratuitos. Com tantas mordomias, será que Mick vai abandonar os palcos?

Share

sábado, 26 de julho de 2008

E por falar em trânsito...

Outro dia alguém comentou aqui no RA que Resende nunca teve um engenheiro de tráfego. Estava certo. O nome correto do cargo - exercido atualmente por Manuel Lemos - é Diretor de Trânsito e Mobilidade. Não sei bem qual é a diferença entre um e outro, mas fica o registro.

Share

Custô mas demorô!


Lembram deste acidente ocorrido no final de fevereiro?



E das faixas que eu 'pintei' no asfalto como sugestão?



Pois é...

Share

Entre Jô Soares e Amaury Jr.

Aconteceu assim: ontem à noite, fugindo do Programa do Jô (que entrevistava Claudete Soares), esbarrei no sempre inacreditável Amaury Jr., que entrevistava Frank Sinatra também Jr. Achei interessante e fiquei por ali, ouvindo o filho da Voz cantar "Girl from Ipanema" com o timbre idêntico ao do pai. No final da entrevista, o incrível Amaury fez a seguinte pergunta ao pequeno Frank:

- De qual das muitas mulheres de seu pai você guarda as melhores lembranças?

Frank Sinatra Jr., com uma expressão de quem não acreditava no que tinha ouvido, respondeu na bucha:

- Da minha mãe, of course!

E foi aí que eu voltei correndo pro Jô, a tempo de ouvir Claudete Soares sussurrar (ou miar) "Eu tenho tanto pra lhe falar, mas com palavras não sei dizer..." Pois é, Claudete, faça como o Amaury Jr.: fale o que lhe vier à cabeça, sem nenhum medo do ridículo. Tem gente que gosta.

Share

sexta-feira, 25 de julho de 2008

O muro sem fim da Votorantim





Share

E atrás do muro...





Share

As obras do Acesso Oeste



























Share

De arrepiar!








Fotos New York Times e EFE

Do UOL Notícias

O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Barack Obama, lançou ontem em Berlim uma mensagem de unidade ao mundo e apostou em uma maior cooperação entre Estados Unidos e Europa para derrubar os novos muros que foram sendo erguidos após a Guerra Fria. Em discurso de 25 minutos perante a Coluna da Vitória, que, segundo dados da Polícia, foi visto por 200 mil pessoas, Obama aproveitou o significado histórico de Berlim para estender todos os tipos de pontes.

"Os Estados Unidos e a Europa não podem olhar só para si mesmos, têm que estender novas pontes para uma longa cooperação, que é necessária para fazer frente aos desafios do século XXI", disse. É preciso derrubar os novos muros erguidos desde a Guerra Fria, os muros contra imigrantes ou entre muçulmanos, judeus e cristãos", exclamou, em meio à aprovação do público.

"A história demonstra que é possível, pois no passado foram derrubados muitos muros", acrescentou, para citar como exemplo o caso de Belfast, onde católicos e protestantes começaram uma nova relação, ou os Bálcãs e a África do Sul, onde "um povo corajoso" acabou com o regime do apartheid.

Obama se distanciou da política externa de George W. Bush, e apesar de não ter mencionado isso explicitamente, defendeu uma maior cooperação com a Rússia, uma luta efetiva contra a mudança climática e uma redução das armas nucleares em todo o planeta.

Ele reconheceu que os Estados Unidos nem sempre tiveram um comportamento exemplar, mas ressaltou que, desde a chegada dos primeiros colonos da Inglaterra, a idiossincrasia do país está ligada à liberdade e à defesa da dignidade humana.

Agora se trata de "construir um novo mundo" e de "demonstrar a nossos filhos que não há forma melhor de dar um exemplo que nos levantando contra a tortura e em defesa do Estado de direito, contra a discriminação racial e religiosa".

"Povo de Berlim, povo do mundo. Este é nosso momento, é nossa hora. A magnitude do resto é muito grande, mas os americanos são um povo cheio de esperança", acrescentou, para concluir dizendo: "Construamos um mundo novo".

Matéria editada pelo RA.

Share

segunda-feira, 21 de julho de 2008

Meu bem, meu mal


Trincheira policial na entrada do Morro do Alemão

Crônica de Nelson Motta (via e-mail)

Muito da graça e da beleza do Rio se devem à peculiar geografia desta cidade à beira mar, cercada por montanhas e colinas verdejantes. Hoje, essa qualidade rara é a sua trágica contradição poética: do alto das 600 favelas, dominadas pelo crime organizado, é que melhor se vê a beleza da cidade partida.

Essa bênção/maldição topográfica certamente faz diferença no confronto com metrópoles como São Paulo, Nova York e Bogotá, que reduziram a criminalidade drasticamente, mesmo com comércio de drogas muito maior. Mas nessas cidades as quadrilhas de traficantes não têm o poder do “movimento” carioca - nem as suas bases e posições privilegiadas. E, claro, elas têm forças policiais mais preparadas, mais honestas e mais eficientes, e um Judiciário que põe e mantém os bandidos na cadeia.

Uma ínfima parcela da população dos morros vive do crime, as agências bancárias da Rocinha são as que registram as menores taxas de inadimplência da cidade, o comércio popular floresce, postos de saúde e escolas funcionam melhor do que em outras áreas.

Não é preciso ser um estrategista militar para saber que há poucas missões mais ingratas do que desalojar tropas bem armadas do alto de um morro, protegidas pelo silêncio da população intimidada. O custo econômico, social e político dessas ações, o preço inestimável de vidas de policiais e de inocentes, é infinitamente maior do que os lucros do tráfico. Mas o crime tem que ser combatido, a polícia tem que proteger os cidadãos que lhes pagam os salários, como em São Paulo, Nova York e Bogotá.

O que fazer? Não tenho a pretensão de saber, mas também não pedi nenhum mandato eletivo nem cargo administrativo dizendo que sabia e podia resolver. Só paguei meus impostos e votei.

Share

As noites são do Batman


Sinal do morcego na noite paulistana


Um Coringa na noite de Nova York

Michael Cieply, do New York Times

Fãs arrebatados levaram "O Cavaleiro das Trevas", o sexto filme da série "Batman" da Warner Bros. a um recorde de vendas de ingressos em três dias de US$ 155,3 milhões durante o final de semana, sustentando o que até agora foi um ano incerto nas bilheterias.

Pelos cálculos da Warner,o filme acanhadamente eclipsou as vendas de ingressos no fim de semana de lançamento do filme da Sony Pictures "O Homem-Aranha 3", que no ano passado faturou US$ 151,1 milhões e detinha o recorde anterior.

Incluindo os excelentes US$ 27,6 milhões pelo musical "Mamma Mia!" da Universal Pictures, os 12 filmes mais vistos no final de semana somaram US$ 249,6 milhões, segundo a consultoria de arrecadação Media by Numbers. Isso elevou o total de arrecadação doméstica para o ano a US$ 5,36 bilhões.

O total ainda é 1% menor que no mesmo período no ano passado, e o número de freqüentadores de cinema caiu 3,7%. Mas o desempenho do final de semana permitiu que os estúdios e os proprietários de cinemas também recuperassem o ânimo, pois mostrou que mesmo uma franquia familiar como "Batman" ainda pode trazer surpresas.

"Ele simplesmente assumiu vida própria", disse Dan Fellman, presidente da Warner para distribuição cinematográfica. "Não esperávamos nada que se parecesse com isso."

O entusiasmo em torno de "O Cavaleiro das Trevas" começou a crescer acentuadamente há várias semanas, alimentado em grande parte pelo interesse em torno do desempenho, como Coringa, de Heath Ledger, que morreu em janeiro.

Os cinemas começaram a acrescentar sessões à meia-noite e depois no início da manhã, assim que os fãs do filme começaram a reservar ingressos antecipadamente online. Nas sessões de pré-estréia, realizadas em todo país, o público - incluindo vários espectadores que compareceram vestidos como o perturbado coringa interpretado por Ledger - elevaram as vendas de ingressos da sexta-feira a cerca de US$ 66,4 milhões, incluindo a extraordinária soma de US$ 18,5 milhões das apresentações da meia-noite.

O fato de o lançamento do filme ter conquistado um status de acontecimento, que filmes anteriores de "Batman" jamais alcançaram, aparentemente se deve em parte à sua forte presença no formato Imax.

O filme - dirigido por Christopher Nolan e interpretado por Christian Bale - foi filmado em parte com o uso de câmeras Imax e lançado em cerca de 100 cinemas com telas Imax nos Estados Unidos. Isso representa um aumento na arrecadação porque os ingressos para Imax custam em média US$ 12,80, cerca de 80% a mais que o preço médio do ingresso, de US$ 7,08, como calculou a Media by Numbers.

Publicado no UOL Mídia Global.

Share

sábado, 19 de julho de 2008

Grande Dercy!












Fotos Folha Imagem e Divulgação

Share

Imagens de sábado











Share