Já estão à venda os novos cartões-postais Resende de ORo

domingo, 18 de setembro de 2005

Fábio leva o Fama

Terminou ontem mais uma edição do reality show Fama, com a vitória de Fábio. O baiano de Ilhéus venceu as outras duas finalistas, Shirle e Evelyn, com 46% dos votos, e o RA, que torcia por ele, considera o resultado mais do que justo. Se a gaúcha Shirle chegou a balançar o coração deste volúvel blog com sua beleza, charme e uma bela voz que, infelizmente, desagradou cantando Jobim (Só tinha de ser com você), a carioca Evelyn estava, desde o início, descartada por ser uma cópia fiel da Sandra de Sá, até na postura desengonçada no palco.

Fábio levou os prêmios (um carro zero, um show montado para percorrer o país e a gravação de um CD) cantando a música Volta Pra Mim, do Roupa Nova. Evelyn, por sua vez, escolheu para a final a antiga Canta Brasil, de David Nasser, enquanto Shirle interpretou (sem muita garra) As Curvas da Estrada de Santos, do Roberto Carlos.

Agora é aguardar para ver se algum deles (inclusive os outros que não chegaram à final) consegue se firmar no cenário musical brasileiro. Até agora, nas quatro edições do Fama, não apareceu ninguém que pudesse ser, nem de longe, comparado (como cantor) a Milton Nascimento, Djavan, Caetano, Tim Maia, Marisa Monte, Ana Carolina ou Cássia Eller. E o gozado é que nenhum dos citados (de um imenso universo de cantoras e cantores consagrados da MPB) precisou de programas como o Fama para chegar ao estrelato, o que prova que talento não se constrói, simplesmente nasce.

Share

1 Comments:

At 19/9/05 11:12, Anonymous acacio alves pinto said...

Oi, Otacílio.
Você (como sempre) falou uma grande verdade. Fama não se constrói. Nasce conosco. A particularidade importante é que deve ser conseguida com estudo, garra, decisão e vontade de vencer. Foi o que fizeram os Artistas citados por você.
Aliás, houve um grande Mestre (Jesus) que afirmou isso de diversas maneiras: "Aquele que quizer, tome sua cruz e me siga!" "Tudo o que decidirdes em vosso coração, assim será feito!"
Abraços.
Acácio.

 

Postar um comentário

<< Home